filtro-para-bebidas-artesanais

Filtro para bebidas artesanais

A indústria de microcervejarias e de pequenos e médios produtores de sucos e bebidas à base de frutas vem crescendo de forma rápida em todo Brasil. Dependendo da região, encontramos bebidas com diferentes bases, conforme o clima e as plantações de cada local. Pelo fato do Brasil ser um país com grande diversidade de climas e ecossistemas, a diversidade e qualidade dessas bebidas varia muito. Independentemente do tipo de fruta utilizado, é comum o acúmulo de sedimentos sólidos no fundo das garrafas, conhecido como borra. A filtração da borra pode ser feita com um baixo custo e de maneira muito simples, antes do envase utilizando um filtro para bebidas.

Filtro para cerveja

Os filtros para cerveja são utilizados para filtrar sedimentos sólidos e, também, em alguns casos, para ajustar a cor e textura da cerveja sem a inclusão de agentes químicos, mantendo suas características naturais e a fabricação artesanal. As microcervejarias usam, em alguns processos, filtros à terra, porém, do grande espaço físico que ocupa, eles também geram uma demanda grande de trabalho para manuseio e sedimentos para descarte. Por sua vez, os filtros de cartucho para cerveja artesanal ocupam pouco espaço físico, têm alto rendimento e baixo custo de instalação, além da reposição e manutenção ser muito simples, podendo ser feita por qualquer pessoa.

Filtro para clarificação de vinho e espumante

Os filtros para clarificação de vinhos e espumantes podem ser usados para filtragem de sólidos remanescentes no fundo das garrafas. Devem ser instalados no processo de envase. Por meio do uso do filtro para bebidas conseguimos alterar as características de cor, brilho e textura, sem alterar o sabor original do produto. Dessa forma, sem mexer nas características de sabor, conseguimos dar brilho e clarificar essas bebidas antes do processo de envase.

Filtro para sucos artesanais

O filtro para suco tem o mesmo intuito de clarificar e remover sólidos presentes na bebida, sem alterar a sua originalidade e as características únicas presentes na fabricação artesanal ou industrial.

Sendo assim, são clarificadas e sem a presença de sólidos que se depositariam no fundo da garrafa.

Reposição de elementos filtrantes ou cartuchos filtrantes

Os filtros com filtração por cartucho possuem dois componentes: a carcaça e o elemento filtrante (que permite reposição quando ele fica saturado). O melhor indicador de saturação, falando em custo x beneficio, é utilizando dois manômetros na instalação do filtro — um antes da instalação e outro após. Dessa forma, pode-se avaliar a perda de carga do fluido, relacionando a pressão de entrada e a pressão de saída do mesmo.

Filtros para vapor sanitário na indústria de bebidas

O uso de vapor sanitário e vapor culinário dentro da indústria de bebidas é bastante comum, em especial em processos de limpeza e esterilização. Em linhas de envase, o filtro de vapor sanitário é utilizado para esterilizar garrafas e tampas utilizadas no fechamento das mesmas, através da injeção de uma pequena quantidade de vapor a alta temperatura e pressão controlada. Em cervejarias, o vapor culinário é utilizado na limpeza de barris e em outros processos de cozimento.

Já na fabricação de bebidas lácteas, como leite e iogurte, o uso de vapor sanitário é ainda mais comum, pois é injetado diretamente nas bebidas e, também, na embalagem das mesmas para esterilização. O filtro para vapor CSF-16 e o filtro para vapor P-EG são os dois utilizados para produção de vapor culinário.

Elemento sinterizado para vapor

O elemento filtrante utilizado para vapor é de aço inox e sua construção é feita através da sinterização do material. Este processo o deixa com a furação de 1, 5 ou 25 micras. A micragem mais utilizada para esse tipo de filtro é a de 5 micras.

Elemento plissado para ar estéril e vapor

A construção do elemento plissado é diferente do que a do elemento sinterizado. O primeiro é para processos de maior vazão. Através da plissagem da sua tela em aço inox de 0,2 micra (padrão farmacêutico), o vapor se torna estéril, tal como o ar comprimido, e pode ser injetado em embalagens e alimentos diretamente. O elemento plissado tem vazão que chega a ser até 80% maior em relação ao sinterizado devido à grande área filtrante em função de sua construção diferenciada.

Filtros para bebidas e normativa internacional FDA

O tipo de filtro para bebidas utilizado, tanto para esterilização quanto para filtração de bebidas, deve estar de acordo com a normativa vigente da FDA. Por isso, a Vaportec fornece apenas filtros e elementos que seguem rígidos padrões de qualidade e com certificado de origem europeia. Filtros de baixa qualidade, sem garantia e certificado de origem podem causar grandes dores de cabeça aos proprietários de empresas fabricantes de bebidas e alimentos. Isso porque a fiscalização, cada vez mais presente e informada, pode, até mesmo, interditar completamente plantas que não possuírem certificação de seus equipamentos.

Para saber mais entre em contato por meio de nosso telefone (54) 3028-8746, pelo Whatsapp (54) 99977-1727 ou pelo e-mail felipe@vaportec.com.br.