cuidados-com-sistemas-hidraulicos

Cuidados com sistemas hidráulicos

Atualmente, os sistemas hidráulicos são um dos mais comum em plantas industriais. Mesmo sendo uma tecnologia antiga, devido à sua aplicabilidade, ela continua a ser um sistema dominante no processo de fabricação industrial moderno. Também é um sistema de fácil instalação, flexibilidade e precisão de controle.

O seu funcionamento é bem simples. Os sistemas hidráulicos são utilizados para a geração, controle e transmissão de energia por meio de líquidos pressurizados. Dessa maneira, o resultado é alta precisão e força, controle de velocidade e do sentido de deslocamento. Entre os motivos para eles serem tão populares destacam-se, além da simplicidade, a segurança e economia, já que usam menos peças móveis em comparação a outros sistemas. Além disso, a força e torque também são um grande benefício, pois fornece ambas as coisas, independentemente da variação de velocidade.

Dicas para sistemas hidráulicos

Mesmo sendo um sistema simples, alguns cuidados precisam ser tomados para que não aja acidentes e nem queda de produção. Os componentes hidráulicos exigem atenção permanente para que nada saia fora de controle. Confira alguns cuidados básicos para que seu sistema continue eficiente e seguro.

  1. Notou algum problema? Não use as mãos para tentar resolver de primeira. Isso pode gerar graves queimaduras, já que os fluidos podem alcançar altas temperaturas, passando dos 100 °C.
  2. Não se esqueça de despressurizar o sistema hidráulico antes de qualquer inspeção.
  3. Somente substitua uma conexão por outra exatamente igual. Isso evita que problemas desnecessários aconteçam. Por isso é importante manter um fornecedor de confiança. Isso nos leva à próxima dica.
  4. Não reutilize uma vedação O-ring. Eles podem apresentar rachaduras que, por sua vez, comprometem a eficácia da vedação e a remontagem.
  5. Mantenha todas as fontes de chamas longe dos vazamentos já que eles podem produzir algum tipo de vapor inflamável.
  6. Não ignore vazamentos. Ele pode indicar problemas mais graves.
  7. Use equipamentos de qualidade. Esse talvez seja o mais essencial e que vai garantir a maior durabilidade do seu sistema. Válvulas, mangueiras, pressostatos precisam ser seguros e possuírem garantia de funcionamento. Muitas vezes o barato pode sair caro.