profissoes-no-setor-industrial

Principais profissões no setor industrial

Já falamos sobre a profissão de engenharia e controle de automação, porém, além dela, existem muitas outras profissões no setor industrial. Neste texto separamos cursos e especializações para quem busca um espaço na área, mas não se identifica com automação ou busca algo mais técnico.

Graças à tecnologia e aos avanços na última década, muitos cursos podem ser realizados de forma on-line e até mesmo gratuita. Instituições como o SENAI, disponibilizam de uma infinidade de opções, a baixo ou zero custo. E, além disso, o melhor de tudo é, após a conclusão, ter um mercado amplo e em constante crescimento, com boa remuneração e planos de carreira sólidos.

Confira abaixo algumas alternativas.

Eletrotécnico

Profissão para quem busca trabalho relacionado à execução e à manutenção de componentes e de equipamentos eletroeletrônicos. Trata-se de um ramo da Engenharia Elétrica, portanto, a profissão requer trabalhadores focados, organizados e responsáveis.

Após a conclusão do curso técnico, o profissional estará capacitado para trabalhar em indústrias metalúrgicas, de telecomunicações ou até mesmo de construção civil. Entretanto, onde há mais espaço para o técnico em Eletrotécnica se destacar e crescer é nas empresas destinadas à geração e à distribuição de energia elétrica, além das companhias de água e saneamento e empresas de instalação e manutenção de equipamentos técnicos.

Assistente de produção

Esse é o profissional responsável por preparar materiais para alimentação de linhas de produção, organização da área de serviço, abastecimento de linhas de produção e alimentação de máquinas. É ele que monitora os processos e equipamentos da linha de produção auxiliando a administração dos processos industriais, de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene e saúde.

Devido a todas essas aptidões, o assistente de produção terá opções de trabalho em indústrias de diversas áreas. Na verdade, é capacitado para trabalhar em qualquer setor, podendo optar por indústrias alimentícias, automobilísticas, metalúrgicas, farmacêuticas, etc.

Mecânico de manutenção de máquinas industriais

É o responsável por realizar a manutenção em componentes, equipamentos e máquinas industriais. Ele planeja atividades de manutenção, avaliando condições de funcionamento e desempenho de máquinas e equipamentos.
Está sob suas responsabilidades lubrificar máquinas, componentes e ferramentas, documentar informações técnicas e fazer a manutenção preventiva e corretiva em máquinas e equipamentos. Assim como o assistente de produção, ele possui uma infinidade de opções, podendo escolher pela área que mais lhe agrada.

Assistente de Logística

O Assistente de Logística é responsável por colaborar com o planejamento dos espaços e da distribuição de mercadorias, prestando informações necessárias à tomada de decisão sobre operações logísticas. Além disso, desenvolve atividades ligadas aos recursos materiais, financeiros e pessoais de uma empresa.

Suas principais funções são separar, enviar e receber materiais levando em consideração prazos e modais, solicitar e controlar custos de operações de logística, agendar e coordenar o motorista da empresa, atuar com remanejamento de materiais, controlar o estoque de todos os clientes, emitir notas de simples remessa para entrada em lojas, entre outras diversas funções.

Para que o profissional tenha um bom desempenho é essencial que possua habilidade com números, habilidade para resolver situações adversas, paciência, metodologia e agilidade.

NR 10

A profissão de NR 10 básico é, provavelmente, uma das mais novas no setor industrial. A NR 10 é a Norma Regulamentadora 10 do Código Trabalhista, que trata especificamente da segurança em instalações e serviços em eletricidade. Ela é uma subdivisão da área de Segurança do Trabalho, porém mais focada. A presença do Técnico em NR 10 é necessária devido à complexidade e risco envolvido quando o assunto é eletricidade.

O curso técnico em NR 10 básico é importante pois pode incrementar o currículo de quem deseja atuar em cargos que requerem o convívio com a eletricidade. Ele comprova que o profissional está por dentro das respectivas regulamentações e, portanto, está apto a exercer atividades de risco elétrico sem que isso seja uma ameaça a si mesmo e aos demais.

Além das ocupações mencionadas, existem diversas outras no setor industrial, como Operador de suporte técnico em TI, Auxiliar de laboratório de análises físico químicas, Desenhista técnico, etc. O mais importante é possuir aptidão e, sobretudo, uma boa formação na área.