NR 36: segurança em frigoríficos

O Brasil, de acordo com uma pesquisa realizada pela Scot Consultoria durante o segundo semestre de 2017, possui um total de 1146 frigoríficos em funcionamento. Juntos, eles produzem mais de 25 milhões de toneladas de carne. Esses números tornam o país o maior exportador de carne bovina e frango do mundo. E, assim como qualquer outra indústria, esse setor também apresenta riscos para os trabalhadores durante a jornada de trabalho. Pensando no bem-estar e saúde dos operários, o Ministério do Trabalho estabeleceu em abril de 2013 a NR 36.

Conhecida como a NR dos Frigoríficos, a Norma Regulamentadora 36 busca trazer segurança, saúde e qualidade de vida aos trabalhadores. Entre os maiores riscos destacam-se o frio, os movimentos repetitivos e o uso de ferramentas cortantes. Além dos físicos, há também os fatores psicológicos que interferem na rotina dos funcionários.

Dessa forma, a NR 36 regulamenta os seguintes aspectos:

  • Mobiliário e postos de trabalho;
  • Estrados, passarelas e plataformas;
  • Manuseio de produtos;
  • Levantamento e transporte de produtos e cargas;
  • Recepção e descarga de animais;
  • Máquinas;
  • Equipamentos e ferramentas;
  • Condições ambientais de trabalho;
  • Gerenciamento dos riscos;
  • Programas de prevenção dos riscos ambientais e de controle médico de saúde ocupacional;
  • Organização temporal do trabalho;
  • Organização das atividades.

 

Cuidado com a Amônia na NR 36

E no que se refere a máquinas, equipamentos e ferramentas, o cuidado com a amônia, usada como gás refrigerante, é algo que precisa ser prioridade. Por ser extremamente nocivo para o ser humano, os equipamentos que utilizam o gás precisam ter cuidado especial no manuseio e manutenção. Por isso, a Danfoss possui diversos equipamentos que permitem o bom funcionamento e segurança das máquinas, como os Plug&Play, fáceis de instalar e monitorar.

A Vaportec é distribuidora autorizada Danfoss e possui toda a tecnologia da marca voltada para a garantia e proteção do seu projeto. Além disso, contamos atualmente com um setor de engenharia que possui conhecimento e capacidade de implementação de todas as normas regulamentadoras em vigor, incluindo a NR 36. Entender cada projeto e principalmente pensar na segurança deles é um elemento essencial e que garante transparência e confiança com os clientes.