funcao-purgadores-sistema-de-vapor

A importância dos purgadores nos sistemas de vapor

Um sistema de vapor é um conjunto de componentes que proporcionam que o vapor vá de uma caldeira até a ponta e volte. O projeto e a instalação do sistema impactam na eficiência de como o vapor é transferido de um ponto para outro.

Os objetivos deste sistema são a perda mínima de vapor, máxima transferência de calor e a remoção de gases condensados.

Projetos ruins e falhas nos componentes significam que mais vapor é condensado de volta para a água. Gerando assim um desperdício caro de energia de calor.

A função do purgador

Um purgador é uma chave automática que se abre para permitir a saída de gases que condensam e não condensam do sistema, mantendo o vapor puro, o que permite que ele seja reaproveitado.

É um componente vital do sistema de vapor, pois possibilita a transferência de calor, não permitindo que as impurezas se prendam neste.

Purgadores podem trabalhar na mudança de densidade e temperatura e são necessários para total eficiência da transferência de energia de calor.

Quando o purgador falha, cria uma contrapressão no sistema de vapor e pode causar falhas no processo. Ou problemas de qualidade no produto. Se a condensação não for removida do sistema, pode provocar bolhas no cano. E esta pode crescer e fechar o cano completamente, ocasionando então martelo de água.

Os purgadores podem ser testados de 3 formas: visual, por temperatura e por ultrassom. E quando há vapor passando dentro deles. Por isso, esteja atento à segurança para evitar acidentes e queimaduras.

Áreas de aplicação dos purgadores

Abaixo, veja algumas aplicações comuns e os tipos de purgadores de vapor que são frequentemente usados para cada uma delas.

Linhas de transporte de vapor (linhas principais de vapor):

  • Boia livre para linhas principais;
  • Tipo disco.

Equipamentos de aquecimento de vapor:

  • Boia livre;
  • Termostático;
  • Boia livre de alta capacidade.

Inspeções, proteção anticongelamento, aquecimento do ambiente:

  • Termostático;
  • Boia livre;
  • Purgadores de controle de temperatura, purgadores de radiador.

Conclusão

Um sistema de vapor deve ser projetado corretamente desde o início para lidar com a sua capacidade prevista. Para cada purgador que falha, a capacidade total do sistema fica comprometida colocando em risco outros componentes de trabalho.

Portanto, a vida útil do sistema reduz de forma drástica com o defeito não identificado. Quando ocorre a falha total do sistema, é provável que ninguém esteja preparado para isso. E tudo isso custa caro para as indústrias.

As perdas energéticas da indústria tiram o sono de muitos gestores. Por isso a melhora dos sistemas industriais a vapor é fundamental, aliada a uma rotina de gerenciamento destes para evitar o surgimento de problemas.

Um dos maiores vilões da indústria são os purgadores de vapor defeituosos, que jogam fora altas somas em recursos financeiros sem que as empresas tomem consciência disto. Considere fundamental a manutenção e substituição periódicas desse item tão importante.

Equipe Vaportec