pressostato danfoss kpi35 hidrantes

Sistemas de hidrantes: comando automático com pressostato KPI 35 Danfoss

O sistema de hidrantes e de mangotinhos é considerado um sistema fixo de combate a incêndio, funcionando sob comando, liberando um jato de água sobre o foco de incêndio.

Esse jato de água possui uma vazão calculada e compatível ao risco do local. E visa proteger, controlar ou extinguir o foco de incêndio no seu estágio inicial. Dessa forma, esse sistema possibilita o início do combate ao incêndio pelos usuários da edificação antes da chegada do grupamento do Corpo de Bombeiros.

Os hidrantes em edificações e áreas de risco diferem dos sistemas de hidrantes urbanos em relação a forma de abastecimento de água. Os sistemas urbanos apresentam pontos providos de registros e uniões de engate rápido, ligado a rede pública de abastecimento. Eles podem ser de coluna ou subterrâneo.

Enquanto que os sistemas prediais apresentam pontos de tomada com registros e uniões de engate rápido, mangueiras, esguichos e chave storz onde estão ligados ao reservatório de água da edificação, e não na rede pública.

Para melhor desempenho do sistema é essencial que os usuários estejam familiarizados com o equipamento. E que tenham realizado treinamento teórico e prático de brigada para utilizá-lo na ocorrência de um sinistro.

O sistema de hidrantes e de mangotinhos são organizados em três subsistemas: reserva, pressurização e comando. Veja mais a seguir.

Sistema de reserva

É composto por reservatório, que pode ser do tipo elevado, no nível do solo, semi-enterrado ou enterrado. Tem como principal função reservar um volume de água destinado exclusivamente ao combate de incêndio.

O reservatório de água pode ser construído, na edificação ou área de risco, em concreto armado, metal apropriado ou qualquer outro material. Desde que apresente resistência mecânica as intempéries e ao fogo.

A reserva de água deve ser prevista para permitir o primeiro combate, durante um determinado tempo. Após esse tempo, considera-se que o Corpo de Bombeiros tenha chegado no local e atue no combate. E utilizando-se da rede pública de abastecimento, fontes naturais como açudes, lagos e rios ou com seus veículos especiais munidos de reservatório próprio.

Sistema de pressurização

Pode operar de três formas: por gravidade, por bombas ou por tanque de pressão. Esse sistema tem a função de fornecer energia para o transporte da água e ainda atingir o foco de incêndio a uma determinada distância. Isso com vazão e pressão adequadas.

O sistema operado por bombas é composto por bomba principal ou bomba de incêndio, bomba de pressurização ou bomba jockey.

A bomba de incêndio tem a finalidade de recalcar a água do reservatório para os hidrantes ou mangotinhos. Deve possuir motor elétrico ou à explosão.

A bomba de pressurização ou bomba jockey tem a função de manter o sistema pressurizado. E ainda compensar pequenas perdas de pressão, em uma faixa preestabelecida.

O sistema operado por tanques de pressão é composto de bomba de incêndio e de tanque de pressão. O tanque de pressão, acoplado a uma bomba, fornecerá pressão e vazão constantes e contínuas ao sistema hidráulico.

A bomba de incêndio acoplada ao tanque de pressão, com diafragma, poderá succionar água de um reservatório. Tanto acima quanto abaixo (reservatórios, poços etc.) e simultaneamente pressurizar a rede hidráulica.

Sistema de comando

O acionamento do sistema de hidrantes e de mangotinhos pode ser manual, por meio de botoeira de comando do tipo liga e desliga. Mas esse é um sistema considerado antigo.

O ideal é o sistema automático, por meio de chave de fluxo ou de pressostato, como o KPI 35 da Danfoss. Este, muito usado em sistemas de rede de hidrantes industriais.

A chave de fluxo aciona o sistema automaticamente pelo deslocamento de água na tubulação, quando da abertura de um hidrante, e o pressostato aciona o sistema devido a uma variação de pressão hidráulica na rede. Desta forma, aciona a bomba de incêndio.

Bombas de incêndio

A bomba de incêndio é um equipamento utilizado para bombear água com vazão elevada para edificações comerciais, residenciais, industriais entre outros. E para atendimento às necessidades de projeto, onde é necessário sabermos qual a vazão e pressão (MCA) desejados, para a partir destes dados chegarmos ao tipo de bomba, capacidade (CV). Precisamos também saber sempre se é trifásica, monofásica, tipo de conexão na sucção e recalque, etc.

De acordo com as normas e especificações, a bomba de incêndio é um item importantíssimo para termos sucesso no momento do combate a incêndio. Esta bomba poderá ser de acordo com a ABNT. E neste caso seu painel será do tipo estrela ou triângulo e poderá possuir bomba jockey auxiliar. Isso com os devidos pressostatos para regulagem de start da bomba ou ambas as bombas.

Para o perfeito funcionamento do sistema de bomba de incêndio é necessário a instalação de válvula de alívio de pressão ou válvula redutora de pressão.

A bomba pode ser elétrica ou com motor à combustão. Podendo também possuir chave compensadora para no momento do desligamento da energia elétrica passar automaticamente para o gerador de energia.

Alguns cuidados

Quando o abastecimento for realizado através da bomba, é preciso possuir ao menos uma bomba elétrica ou de combustão interna. Esta deve abastecer todo o sistema.

É necessário ter alimentação à parte, diretamente da concessionária. Isso porque no momento do incêndio, a energia elétrica é cortada para não colocar em risco a vida das pessoas ou edificações envolvidas. A bomba de incêndio pode fazer o bombeamento de água utilizando um motor elétrico ou à diesel. Ou também pode ter gerador autônomo de energia.

Durante a instalação é necessário fazer com que o cabo elétrico passe por locais seguros dentro das edificações. O mais indicado é aterrar os cabos. Pois é necessário garantir que eles não sejam danificados em caso de incêndio.

Para manter o sistema de hidrantes pressurizado e compensar perdas de pressão é necessário que seja realizada a instalação de bombas jockey. Há também a bomba centrífuga trifásica. Esta pode ser utilizada na rede de hidrantes e na rede de sprinklers. Para a rede de sprinklers é preciso que ela seja ligada automaticamente.

Equipe Vaportec

ebooks-gratuitos-manutencao-industrial-profissao-comprador